23 janeiro 2018

Pedofilia e abusos sexuais: o caso Epstein

Pedofilia e abusos sexuais na elite: não passa duma teoria da conspiração?

Proponho uma pergunta diferente: por qual razão as celebridades de Hollywood e não só denunciam os abusos sexuais mesmo agora?

Tudo teve início com as palavras de Anthony Rapp, actor que acusou Kevin Spacey de tê-lo abusado quando tinha 14 anos. A partir daí foi um tsunami de queixas: descobriu-se que o mundo está cheio de abusadores.

E é verdade: os abusadores infelizmente existem e não são poucos. Só que existem desde sempre. Portanto volta a pergunta: por qual razão os órgãos de informação decidiram conceder todo este espaço aos vários casos agora, de maneira tão massiva?

21 janeiro 2018

EUA: pedofilia e silêncio dos media

Em Washington há uma guerra que é bem mais profunda daquilo que podemos imaginar. Nós
conseguimos ver apenas o que é deixado transparecer, mas nos bastidores as armas são continuamente afiadas e não param.

A lobby democrata e financeira não consegue aceitar a ideia de ter perdido as eleições presidenciais: em perigo há um inteiro sistema construído ao longo dos últimos anos: há umas novas forças (das quais Trump é a cara pública) que ameaçam destruir todo o sistema de poder "progressista" e apoiado pelo governo sombra formado por CIA, FBI, NSA...

Para nós, como afirmado, apenas vislumbres: os órgãos de comunicação mainstream preferem auto-censurar-se. E o resultado é que notícias acerca de enormes escândalos ficam enterradas, em todos os grandes media, com uma sincronia chocante.
E é esta a nossa história:

Comentários abertos


19 janeiro 2018

Thomas Sankara, 30 anos depois


"O imperialismo é um sistema de exploração
que ocorre não apenas na forma brutal
por parte de quem vem conquistar o território com armas.
O imperialismo geralmente ocorre de maneiras mais subtis.
Um empréstimo, ajuda alimentar, chantagem.
Estamos a lutar contra este sistema que permite
que um punhado de homens governem toda a espécie"
Thomas Sankara

Era a tarde de 15 de Outubro de 1987, quando Thomas Sankara, durante quatro anos ao comando da antiga colónia francesa Alto Volta (que renomeou Burkina Faso, "casa dos homens de valor"), foi assassinado.

Quem era Thomas Sankara? Quem foram os assassinos?
O desejo de esclarecer o assassinato de Sankara ainda é forte e enraizado, especialmente entre os jovens africanos, portanto é útil traçar a vida do ex-Presidente.

Os truques dos supermercados para vender mais

Entram no supermercado para comprar um par de coisas e saem com um saco quase cheio.
Já aconteceu? Normal.

A verdade é que somos muito sugestionáveis, muito mais do que estaríamos dispostos a reconhecer: de forma inconsciente percebemos os detalhes do que nos rodeia e estes acabam por influenciar as nossas decisões, que permanecem aparentemente racionais.

Sabiam isso? Sim, sabiam. O problema é que também os supermercados sabem. E exploram.

Como? Vamos ver algumas das técnicas utilizadas. Assim, da próxima vez, teremos mais cuidado e continuaremos a comprar mais do que era preciso. Porque somos sugestionáveis e, durante as compras, o nosso cérebro é empenhado em outras tarefas: escolher, comprar, etc.

18 janeiro 2018

O poder de Facebook nas eleições

Um recente artigo da Bloomberg revela como uma célula secreta do Facebook permitiu a criação de um exército de trolls ["troll" é um termo utilizado como gíria na internet e designa uma pessoa cujo comportamento ou comentário desestabiliza uma discussão, com comentários injustos e ignorantes. O objectivo do troll é provocar raiva e ira dos outros internautas, Ndt] em favor de muitos governos do mundo sob a forma de propaganda digital destinada a manipular as eleições.

No centro das atenções, por causa do papel que a sua empresa desempenha como plataforma de propaganda política, o co-fundador Mark Zuckerberg respondeu ao declarar que a sua missão está acima das divisões partidárias. Mas, na realidade, Facebook não é apenas um espectador político. O que ele não diz é que a sua empresa colabora activamente com partidos e líderes, mesmo aqueles que usam a Facebook para reprimir a oposição, às vezes com a ajuda de muitos trolls que espalham mentiras e ideologias extremistas.

17 janeiro 2018

EUA & Sauditas: imperializando aqui e aí

O Isis acabou? Pouco mal, custa nada criar outro.

Senhores, abram as asas ao BSF, a Border Security Force. Que está a ser implantada no norte da Síria, perto da fronteira com a Turquia.

Esta força é composta em grande parte por ex-combatentes da Força Democrática Síria (SDF), os militantes curdos que já apoiaram abertamente Washington, aos quais serão adicionadas outras unidades de origem pouco clara (provavelmente guerrilheiros do Isis reciclados, mercenários e terroristas de Al-Qaeda e Al-Nusra: não é que haja muita escolha naquelas bandas).

A queda de Bitcoin

Como complemento ao artigo recentemente publicado acerca da bolha Bitcoin, eis o que conta hoje o diário Público:
A bitcoin e as outras criptomoedas acentuaram as quedas nesta quarta-feira, deixando os utilizadores entre o medo, a confiança e o enorme optimismo – pelo menos, de acordo com as mensagens nos fóruns online onde muitos procuram conselhos de investimento e tentam encontrar um sentido no mundo caótico das divisas digitais.

No Reddit, um fórum online muito popular, um utilizador queixou-se de ter perdido o dinheiro de que precisava para a faculdade. “Perdi os meus fundos para a universidade nesta queda de preço. Não vou conseguir pagar o próximo semestre se o preço não recuperar, mas estou confiante que isso vai acontecer. Até lá, não vou conseguir dormir :)”. Muitas das respostas criticaram o facto de o utilizador ter investido dinheiro de que precisava. “É por estas razões que vamos ver [a bitcoin] descer de mil dólares. Pessoas a vender com medo, porque investiram o que não podem perder”, argumentou outro utilizador. [...]

Comunicação de Serviço: Sputnik & RT

Olá pessoal.

Na barra lateral direita, logo após a lista dos últimos comentários, acrescentei alguns links.

Além de Voltairenet, agora estão presentes também uma ligação ao site de Sputnik em português e duas ao site de RT. Dado que esta última não tem versão portuguesa, ficam dois links, um em inglês outro em espanhol.

Não que estes sejam site que espalham baldes de verdade absoluta: mas dada a origem deles (em ambos os casos russa) pode dar prazer de vez em quando ler algo um pouco diferente do que é oferecido pela imprensa do regime ocidental.

Espero ter feito coisa bem vinda.
Se não: paciência.
E boa leitura.


Ipse link!

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...